MINHA VIDA

MINHA VIDA
NOSSO MONTINHO PERFEITO

NOS ACOMPANHE!!!

Quantos passaram por aqui

domingo, 29 de novembro de 2009

AGUENTA CORAÇÃO!

Com apenas 2 meses e 1 dia, o quarteto já vai passar sua primeira noite fora de casa.
Hoje temos o casamento da Sá e do Fabiano e os pequenos vão para a casa da vovó. Ai meu Deus!!!
Por um lado, é muito gostoso pensar em sair, curtir a festa sem se preocupar e ainda poder dormir uma noite inteira, mas acho que não vou conseguir me desligar deles...
Olha a malinha pronta!

SINFONIA

Na tentativa de acalmar a Beatriz e a Laura, coloquei as duas no mesmo berço. Veja que bela dupla elas formaram!

LOOK DE FESTA

Para comemorar nosso aniversário de 2 meses, a mamãe caprichou no nosso visual, na medida do possível.
Veja que lindos nós ficamos!!!

JOÃO PEDRO

SOPHIA

LAURA

BEATRIZ

PARABÉNS PRA VOCÊ

O tempo realmente passa muuuuuuito rápido.
Ontem, dia 28/11, meus filhotes completaram 2 meses de vida! Os dois meses mais maravilhosos da minha vida.
Sabia que ser mãe era algo indescritível, só não imaginava a dimensão disso. É um amor totalmente incondicional. Não existe razão quando se trata de filhos, pensamos, agimos e falamos apenas com o coração mesmo.
Nesses 2 meses me tornei uma pessoa melhor. Mais feliz, mais realizada, mais calma, mais cansada, mais completa.
Foram 60 dias intensos! 36 de UTI e 24 em casa, aprendendo com o dia a dia as diferenças de cada um.
As personalidades já mudaram bastante.
Hoje o João Pedro continua quietinho, só um pouco manhoso às vezes. A Sophia é uma princesinha, só chora na hora da mamada. Já a Laura e a Beatriz estão CAUSANDO!!!! Rsrsrsrs
As duas disputam o choro. A Beatriz quase não dorme, fica agitada no berço metade do intervalo das mamadas. A Laura vive na terapia (a cadeirinha), é o lugar que ela mais gosta de dormir.
Ontem saímos com os 4 para comemorar o niver de 2 meses. Primeiro fomos tomar um chopp no Mercaria, depois passamos na casa da vovó.
Foi uma delícia o dia deles, que inclusive capricharam no look para a “festa”.

PAPAI, MAMÃE E O QUARTETO NO MERCEARIA COM TIA FABI E TIO SCOOBY

PAPAI E MAMÃE COM OS FILHOTES EM CASA

TIO ZÉ E TIA SANDRA DÃO PARABÉNS PARA O QUARTETO NA CASA DA VOVÓ

MAI UMA DO CASAL COM OS 4 NO NIVER

FACILITANDO A VIDA

Quem tem quadrigêmeos, tem que descobrir formas práticas para tudo, inclusive para as coisas básicas do dia a dia.
Em um dia de preguiça, sem babá, descobrimos uma forma divertida e deliciosa de dar o banho: no chuveiro com o papai!
Além de otimizar – MUITO – o nosso tempo, as crianças A-DO-RAM. Incrível como eles relaxam e ficam quietinhos no banho.
Funciona como uma produção em série mesmo. Papai entra no chuveiro de sunga, mamãe troca o primeiro bebê e dá para ele. A banheira fica montada no banheiro apenas para usarmos o trocador.
Enquanto isso, a Cátia está trocando o próximo.
“- Está pronto!” – Este é o sinal. Eu pego, seco e troco, enquanto a Cátia traz o próximo e prepara a toalha em cima da banheira.
Dessa forma, conseguimos terminar os 4 banhos em menos de meia hora!
No começo estávamos dando próximo da mamada da meia noite, para eles ficarem calmos e dormirem a noite toda, mas decidimos mudar para às 19h30, pois assim conseguimos descansar mais.
Acompanhem alguns momentos.

PAPAI COM SOPHIA...

... LAURA...

... JOÃO PEDRO...

... E BEATRIZ!

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

TÁ VIRANDO MODA

Depois da primeira saída, ficou mais tranquilo passear de novo. No domingo fomos de novo para a casa da vovó, mas dessa vez 2 estrearam o carrinho.
Como só 1 carrinho chegou, a Beatriz e o João Pedro foram comigo e com a Cátia de carrinho e a Sophia e a Laura foram de carro com o papai.
Aproveitando a visita e a comodidade do elevador (já que na minha casa é só escada), a bisa e a tia bisa mais corujas do mundo, também foram para a casa da vovó Margarida passar o dia com a criançada.
Fui muito gostoso, elas se divertiram bastante com os bebês, deram mamadeira, pegaram no colo, tiraram fotos...
E eu, mais uma vez, fiquei só aproveitando a farra dos outros. Dormi, comi sossegada, descansei bastante, conversei... Como é bom juntar uma turma nova para as “funções” com a turminha.

EU E A CÁTIA PRONTAS PARA SAIR

BISA E O SEU ÚNICO BISNETO

TIA BISA E O JOÃO PEDRO TAMBÉM!

FLOY CUIDANDO DA CRIANÇADA

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

FERIADO AGITADO!

O primeiro feriado do quarteto em casa foi cheio de novidade!
Na sexta-feira veles fizeram o primeiro (de muitos) passeio para a casa da vovó. Fiquei orgulhosa com o comportamento deles, nota 10!
No sábado, mais uma novidade, conheceram a primeira amiguinha deles, a Julinha, filha da Dani e do Bruno. Eles já tinham conhecido o Tito (da Ná e do Dani), primeiro amiguinho, que, aliás, precisa voltar, e o Theodoro (da Vá e do Chico), priminho que também tem que voltar.
A Julinha nasceu exatos 10 dias antes do quarteto. Quando a Dani foi para a maternidade, eu já estava internada. Foi muito engraçado as duas na maternidade ao mesmo tempo. Fui visitar a Julinha logo de manhã, mas comecei a ter contrações e tive que voltar correndo para o quarto.
Nesse fim de semana conseguimos curtir bastante todas as crianças. É incrível como, mesmo com apenas 10 dias de diferença, ela é tão maior que eles, por causa da prematuridade.

domingo, 22 de novembro de 2009

VISITA NA CASA DA VOVÓ!

Contrariando tudo o que eu havia dito, saí de casa com os 4 muito antes do previsto. Ontem passamos a tarde na casa da vovó, foi uma delícia!!!
Descobri que eu sou muito mais prática do que imaginava.
Acordamos, o dia estava lindo, resolvi fazer uma surpresa para a vovó e a tia Bi – passar a tarde na casa delas. A logística do transporte seria a seguinte: dois no carrinho e dois no carro (o segundo carrinho ainda não chegou, por isso não podemos passear com os 4 de uma vez), porém, não sabia colocar as cadeirinhas no carrinho e o Je não estava, aí fomos todos de carro mesmo. Levei 2 no meu e a tia Bi veio buscar os outros 2.
Ainda bem que somos vizinhas!!!
Arrumei uma mala pequena, bem rápido – 1 roupa para cada, 2 fraldas, lenço umedecido, creme de assadura, funchicórea, chupetas, leite e mamadeiras.
Para a primeira saída oficial de passeio, sem ser médico, eles se comportaram muito bem!
Chegamos na hora da mamada, preparamos as mamadeiras, todos tomaram e dormiram. Colocamos um cobertor no chão e todos deitados lá.
Eu adorei a idéia, vou repetir várias vezes! Não troquei, não dei mamadeira e até dormi a tarde!
Vovó e titia preparem-se! heheheheh



VOVÓ REALIZADA COM OS 4


VOVÓ, TIA BI E FÊ AJUDANDO NA MAMADA


TIA BI E JOÃO PEDRO


PAPAI E MAMÃE APROVEITANDO A FOLGA NA CASA DA VOVÓ


MAMÃE DORMINDO COM A PROLE

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

ESTRELAS

Mesmo tendo batido o pé dizendo que não ia colocar roupa igual, não adiantou, acabei cedendo e uniformizando a turminha. Olhem esse vídeo dos 4 antes de uma mamada. Prometo que nos próximos terei mais cuidado com a luz e a posição da câmera. Esqueci que era vídeo e virei a máquina, mas dá para se divertir um pouco.

PRIMEIRA MUDANÇA

Depois da consulta com a pediatra, que TODOS NÓS recebemos parabéns, algumas coisas mudaram aqui em casa- PARA MELHOR!
Quando receberam alta, os pequenos estavam tomando 60mls de leite. Percebemos que muitas vezes eles continuavam com fome, aí aumentamos para 90por conta própria. Evitávamos dar os 90, pois não sabíamos se a pediatra iria aprovar, mas dávamos mais que 60 sempre.
Ela disse que fizemos o certo! Que se o bebê toma a mamadeira inteira, não deixa sobrar nada, é sinal que não está satisfeito, então podíamos sim ter aumentado. Além disso, com o ganho do peso, ela espaçou as mamadas para cada 4 horas. Uhuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu
Sendo assim, diminuímos para 24 mamadeiras / dia e uma “acordada” durante a madrugada.
Os horários são: 08h00 / 12h00 / 16h00 / 20h00/ 24h00 / 04h00. Ficou beeeem melhor!
Também mudamos outra coisa, as trocas de fralda. Durante na madrugada, só trocamos se estiver suja, assim ganhamos ainda mais tempo.
Acho que os bebês também gostaram.

terça-feira, 17 de novembro de 2009

PRIMEIRO PASSEIO

Assim como todos os outros bebês, o primeiro passeio dos meus filhotes foi para o pediatra!
Exatamente 1 semana depois de saírem da UTI, fomos na nossa primeira consulta na DraLuiza Helena Madureira.
Foi legal para testar a nossa logística também.
Arrumei a mala dos 4 – 1 troca para cada, 1 fralda para cada, 1 mamadeira para cada, potinho com o leite, 1 chupeta para cada, 1 porta chupeta para cada e um paninho de boca para cada. Pronto! Por mais prática que eu seja já saí carregada!! Rsrsrs
Arrumamos eles lindos! As 3 meninas foram de roupa igual, estavam uma coisa!
Cada um em sua cadeirinha com sua mantinha na frente e o crachá de identificação, para sabermos qual cadeirinha é de quem. Os carros esperando, descemos tudo e saímos.
Fazendo um balanço, fomos muito bem com a nossa logística. Formamos uma equipe bem sincronizada.
Na médica foi muito engraçado! Eles (o quarteto) causam por onde passam! Desde o estacionamento, todo mundo parando para vê-los, perguntando, nome, idade, sexos...
A consulta Foi ótima! Bebês e papais receberam parabéns!!!
Todos engordaram e cresceram bastante e estão evoluindo muito bem.
Pesos e medidas –
Sophia – 2515 kg (ganhou 360) / 48 cm (cresceu 6 cm)
João Pedro – 2930 kg (ganhou 330) / 48 cm (cresceu 2 cm)
Laura – 2565 kg (ganhou 355) / 47,5 cm (cresceu 4 cm)
Beatriz – 2340 kg (ganhou 250) / 45 cm (cresceu 2 cm)

JOÃO PEDRO PESANDO


SOPHIA MEDINDO


LAURA PESANDO


E BEATRIZ FAZENDO TESTES

AQUI TEM UM BANDO DE LOUCO!

Seguindo os papais, o quarteto, que não é bobo nem nada, já nasceu corintiano.
No primeiro jogo deles em casa, todos se uniformizaram para torcer para o Timão!
O placar não foi tão animador, mas ver o quarteto de uniforme foi demais!!!

OLHA O TIME!

SOPHIA E BEATRIZ


LAURA


JOÃO PEDRO...


... E JOÃO PEDRO DEPOIS DE TOMAR TODAS!

VIDA NOVA

Agora com os bebês em casa, a rotina mudou COMPLETAMENTE, como já era de se esperar, claro!!!
Como passamos esses 36 dias na UTI, pegamos o jeito e a rotina deles. Continuamos com os mesmos horários de troca e de mamada. A única coisa que mudamos foi o banho, que lá era feito por turnos – 2 de manhã e 2 a tarde. Como precisamos encher banheiras, levar para os quartos, pegar toalhas e fazer toda uma movimentação em torno do banho, decidimos dar nos 4 no mesmo horário. São 2 banheiras, uma em cada quarto.
Nossos horários ficaram assim:
Mamadas a cada 3 horas – 08h00 / 11h00 / 14h00 / 17h00 / 20h00 / 23h00/ 02h00 / 05h00
Antes de cada mamada trocamos as fraldas. Isso dá um total de 32 mamadeiras e 32 fraldas por dia, sem contar os acidentes.
Para manter certinho o horário, 15 minutos antes de cada mamada nós trocamos os 4, já deixamos a mamadeiras prontas e começamos. Quando estamos em 3, quem está mais quieto espera pela vez.
O bom disso é que o ritmo deles continua o mesmo, então eles mamam e vão direto para o berço dormir, sem chorar nem dar trabalho. Nesse período, entre uma mamada e outra, conseguimos dar uma descansada e colocar o sono mais ou menos em ordem.

O QUARTETO NA HORA DO SONINHO!

JOÃO PEDRO, SOPHIA, LAURA E BEATRIZ - CADA UM COM SUA CHUPETA JÁ

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

TODOS NÓS JÁ PASSAMOS POR ISSO!

Antes de sair do hospital, meus filhotes precisaram tomar as primeiras vacinas, a BCG – aquela da marquinha do braço direito - e a primeira dose da Hepatite B.
O Dr Luis Carlos, gentilmente, ofereceu as vacinas para os 4, para que eu não tivesse que me preocupar com isso após a alta. Uma profissional da Clinivac foi aplicar neles.
Ai que difícil!!! Já é ruim agüentar um chorinho, um sofrimento, quem dirá 4.
Pra variar, começamos pelo João Pedro. Lá na UTI era sempre assim, quando era bom ele era o último e quando era ruim ele era o primeiro, tadinho.
Manhoso que é, fez o maior escândalo nas duas vacinas! A enfermeira me disse que a de hepatite realmente dói bastante.
A Laura foi a mais boazinha dos 4, não chorou nada para aplicar a BCG, só na de hepatite mesmo.
E eu, quase morri de dor no coração, tendo que segurar os 4 para tomar a picadinha.

UM SEGUNDO PARTO

Depois da emoção que senti no parto, achei que nunca mais viveria algo parecido, mas estava errada!
Na terça-feira, dia 03/11, os meus pequenos receberam alta da UTI e vieram com a gente para casa.
Me preparei muito para esse dia, mas não cheguei perto do que realmente seria.
Acordei cedo, me arrumei e fui direto para o hospital, pois queria participar de todos os detalhes finais deles. Ajudei a Edna e a Fabi arrumarem eles, guardei todos os pertences, assinei milhares de papéis e fiquei na expectativa da alta efetiva.
Enfim a Dra. Graziela chegou, passou o resumo de alta de cada um, me entregou todos os exames e prontuários que eu deveria trazer e autorizou nossa saída.
Estranho, mas naquele momento já me deu um nó na garganta. Não achei que fosse sentir isso, mas era uma emoção muito forte, deixar aquele quarto e sair com o meu quarteto nos bercinhos para colocar nos carros.
Quando abrimos a porta, não resisti! Um corredor imenso formado por enfermeiras, médicos, auxiliares, mães e todas as outras pessoas que fizeram parte da nossa história, nos aguardava carinhosamente.
Tentei falar, agradecer, passar um pouco da minha história, mas foi praticamente impossível, as palavras não saíam.
Atravessamos o corredor sob palmas e sorrisos, foi incrível!
Todo lugar que passávamos atraíamos olhares curiosos.
Divididos em 2 carros, acomodamos 2 bebês em cada um. Eu fui com a minha mãe, a Laura e a Beatriz e o Je foi com a Bi, a Sophia e o João Pedro no outro.
Eles se comportaram muito bem! Não acordaram, não choraram, não deram o menor trabalho.
Naquele dia, vivi um segundo parto! A partir de então, os filhos são exclusivamente nossos, dependem dos nossos cuidados e nosso amor.
Não consigo me conter de tanta felicidade, é bom demais tê-los em casa!




quarta-feira, 11 de novembro de 2009

TODO MUNDO FAZ

Sabem aqueles testes famosos, que todo mundo faz quando nasce - o do pezinho e da orelhinha? Os meus também fizeram, claro!
Como tenho 4 filhos todas as minhas emoções são quadriplicadas, as boas, as ansiosas, apreensivas... Assim que soube que o teste do pezinho havia sido colhido, fiquei angustiada esperando o resultado, que chegaria em casa após 15 dias úteis.
Não sabia que o procedimento era realizado pela APAE, então me assustei MUITO , quando em um sábado de manhã, toca o meu telefone com um número do hospital, e a pessoa se identifica como da APAE. Era apenas para me explicar sobre o exame.
Enfim chegou o resultado!
A RN 1 e RN3 – como eles chamam no hospital – respectivamente Sophia e Laura, vieram com reconvocado em 2 exames. A Sophia teve alteração no 17OH Progesterona e a Laura no T4 Neo. Ai meu Deus, que desespero!!!!!!!!!!
O pior é não saber o que isso significa.
Conversei com a médica, que me acalmou dizendo que essas alterações são comuns em prematuros, que os exames seriam repetidos para confirmar se estava correto.
Felizmente tudo se regularizou! Realmente as alterações eram pelo fato da prematuridade.
O teste da orelhinha está perfeito! UFA!
Mais uma etapa vencida!!!

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

TREINAMENTO

Ficar na UTI também tem seu lado positivo. Poucas são as mães de primeira viagem que conseguem ter um treinamento tão bom.
Auxiliada pela Edna e a Fabi (aquelas que cuidam dos pequenos no turno da tarde), dei meu primeiro banho.
A sorteada foi a Beatriz. Não por algum motivo de preferência nem nada, apenas porque naquele horário era a vez dela tomar banho.
Incrivelmente eu me saí muito melhor do que imaginava. Fiquei segura e com bastante desenvoltura para lavar, virar, secar...
Segundo elas, fui aprovada no teste!!!



UM PISCAR DE OLHOS

Realmente os pais não devem nem piscar, senão perdem muita coisa importante da vida dos filhos.
Fiquei impressionada como o tempo passa rápido, mesmo sem tê-los comigo em casa.
Dia 28/10 eles fizeram 1 mês de vida!!!
Em pensar que se fossem nascer com o tempo certo, só chegariam a partir do 03/12.
Carinhosamente, a equipe do SL preparou uma “festinha” com bexigas e cartaz para cada um!!
Olha que bonitinho, mesmo na UTI nós fazemos festa!




EXAMES

Para acompanhar o desenvolvimento dos bebês, a equipe do São Luis faz exames constantes, de todos os tipos.
Em um desses exames, foi detectada a anemia em todos os 4. Assustada com o resultado, fui conversar com a médica, que me explicou direitinho o motivo.
Como eles são prematuros, não tiveram tempo de acumular ferro suficiente no corpo. Como estão em crescimento acelerado, o ferro foi utilizado e não foi reposto, por isso a taxa de anemia.
Fiquei muito apreensiva com isso, pois ela me explicou que abaixo de 8 (a medida limite da taxa de anemia), seria necessário fazer transfusão de sangue.
Se eles continuarem engordando e crescendo normalmente, sem apresentar nenhuma reação estranha por causa da anemia, eles vão segurar o máximo que der.
Ela me disse que já deu alta para bebê prematuro com taxa de anemia 7, pois ele estava engordando, crescendo, respirando e com batimentos cardíacos normais.
Os meus continuam exatamente com esse perfil que ela descreveu!!! Com certeza não vão precisar de nada.